quarta-feira, 18 de março de 2009

O reconhecimento do desconhecido

Vou ser sincera com vocês. Quando clico em Postagem, a impressão que tenho é que meus pensamentos correm diretamente para um quarto escuro e vazio, onde eu não consigo entrar. Não flui da maneira que eu gostaria, e então quando eu fecho as janelas eles voltam felizes por estarem seguros da publicação. ( x: ) Isso daria um história em quadrinhos muito fera se complementada.
Isso para Larissa F. é angustiante, só preciso liberá-los, deixá-los fluir, dar vida ao que está frio, dar cor ao que está obscuro aqui dentro de mim. Quero me entender, quero me desvendar, ou será que vai ser melhor se eu continuar me achando um mistério ?
Meu mundo paralelo ( só para deixar claro que isso é só uma expressão , não tem nada a ver com religião ) está cada vez mais presente em meus segundos. Tudo me parece tão frágil, é como se meus amigos fossem de cristal, minha família o último copo d'água do deserto, minha vida se tornou mais importante como nunca nesses dias. Só preciso encontrar o caminho certo de chegar até este quarto .

Assim eu verei o que há de mais intenso e incompreensivo - pelos olhos humanos - dentro de miim '


Larissa F.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

comentários